Presidente da PROFIBUS International visita o Brasil
Brasileiros marcam presença em evento internacional
Encontro no LEAD
Palestra na FAM
Seminário On Site na Sabesp
Novo associado
Treinamento no Centro de Competência
Jörg Freitag, Chairman da PROFIBUS & PROFINET International.
Amphenol: PROFIBUS padronizado.
Raio de Curvatura Mínima e Instalações PROFIBUS
Conecte o LabVIEW a qualquer rede industrial e CLP
Case Louis Dreyfuss Commodities

Siemens anuncia lançamento

Profibus-PA: Configurando ciclicamente o IF303 – Conversor de 4-20mA para Profibus PA

Profibus-PA: Configurando ciclicamente o LD303 – Transmissor de Pressão (diferencial, manométrico, absoluto, nível, alta pressão estática)

Profibus-PA: Configurando ciclicamente o TP303 – Transmissor de Posição
Profibus-PA: Configurando ciclicamente o TT303 – Transmissor de Temperatura
Profibus-PA: Configurando ciclicamente o LD293 – Transmissor de Pressão Inline (manométrico e gage)
Conceito de controle modular para veículos móveis ifm electronic
Protetores de Segmento de Segurança Aumentada para Rede As-Interface (Ex e) Sense
Sistema de Gerenciamento de Pátio de Minério TSA

 

OUTRAS EDIÇÕES

Edição 01 - Abril 2004
Edição 02 - Junho 2004
Edição 03 - Agosto / Setembro 2004
Edição 04 - Outubro / Novembro 2004
Edição 05 - Dezembro 2004/ Janeiro 2005
Edição 06 - Fevereiro / Março 2005
Edição 07 - Abril / Maio 2005
Edição 08 - Junho / Julho 2005
Edição 09 - Agosto / Setembro 2005
Edição 10 - Outubro / Novembro 2005
Edição 11 - Dezembro 2005 / Janeiro 2006
Edição 12 - Fevereiro / Março 2006
Edição 13 - Julho / Agosto 2006
Edição 14 - Novembro 2006
Edição 15 - Abril 2007
Edição 16 - Junho 2007
Edição 17 - Fevereiro 2008
Edição 18 - Julho 2008
Edição 19 - Outubro 2008
Edição 20 - Março 2009
Edição 21 - Julho 2009
Edição 22 - Dezembro 2009
Edição 23 - Julho 2010
Edição 24 - MarƧo 2011
Edição 25 - Julho 2011
EdiĆ§Ć£o 26 - Fevereiro 2012

EXPEDIENTE

PROFINEWS BRASIL
Edição nº 25 - Julho 2011

PROFINEWS BRASIL é uma publicação eletrônica bimestral da ASSOCIAÇÃO PROFIBUS, distribuída a seus associados, fornecedores e usuários das tecnologias PROFIBUS e AS-i.

 

DIRETORIA EXECUTIVA 2009/2012

Marco Padovan (Sense)
Diretor Presidente

Leandro Torres (SMAR)
Diretor Vice Presidente Tesoureiro

Robert Gries Drumond (Siemens)
Diretor Vice Presidente Secretário

Adriano Oliveira (SMAR)
Diretor de Marketing

Silas Anchieta
Diretor Executivo

 

JORNALISTA RESPONSÁVEL

Sílvia Bruin Pereira
(MTb 11.0065 / MS 5936)

Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores. É vedada a reprodução total ou parcial dos textos e ilustrações desde newsletter, sob pena de sanções legais. São tomados todos os cuidados razoáveis na preparação do conteúdo das matérias e, caso haja enganos em textos ou desenhos, será publicada errata na primeira oportunidade.

 


Associação PROFIBUS
Caixa Postal 11.063-9 - CEP 05422-970
São Paulo, SP. Telefone/Fax: (11) 2849-3202
e-mail: profibus@profibus.org.br
site: www.profibus.org.br.



Siga-nos!

    

 

PROFITIP

 

CƩsar Cassiolato, Diretor de Marketing, Qualidade, Engenharia de Projetos e ServiƧos da SMAR Equipamentos Industriais Ltda. Engenheiro Certificado na Tecnologia PROFIBUS e InstalaƧƵes PROFIBUS pela Universidade Metropolitan de Manchester, Reino Unido.
cesarcass@smar.com.br

 

Profibus-PA: Configurando ciclicamente o IF303 ā€“ Conversor de 4-20mA para Profibus PA

ConfiguraĆ§Ć£o CĆ­clica do IF303

Os protocolos PROFIBUS-DP e PROFIBUS-PA possuem mecanismos contra falhas e erros de comunicaĆ§Ć£o entre o equipamento da rede e o mestre. Por exemplo, durante a inicializaĆ§Ć£o do equipamento esses mecanismos sĆ£o utilizados para verificar esses possĆ­veis erros. ApĆ³s a energizaĆ§Ć£o (power up) do equipamento de campo (escravo) pode-se trocar dados ciclicamente com o mestre classe 1, se a parametrizaĆ§Ć£o para o escravo estiver correta. Estas informaƧƵes sĆ£o obtidas atravĆ©s dos arquivos GSDs (arquivos fornecidos pelos fabricantes dos equipamentos que contĆ©m suas descriƧƵes). AtravĆ©s dos comandos abaixo, o mestre executa todo o processo de inicializaĆ§Ć£o com os equipamentos PROFIBUS-PA:

  • Get_Cfg: carrega a configuraĆ§Ć£o dos escravos no mestre e verifica a configuraĆ§Ć£o da rede;
  • Set_Prm: escreve nos parĆ¢metros dos escravos e executa os serviƧos de parametrizaĆ§Ć£o da rede;
  • Set_Cfg: configura os escravos de acordo com as entradas e saĆ­das;
  • Get_Cfg: um outro comando, onde o mestre verifica a configuraĆ§Ć£o dos escravos.

Todos estes serviƧos sĆ£o baseados nas informaƧƵes obtidas dos arquivos GSDs dos escravos. O arquivo GSD do IF303 mostra os detalhes de revisĆ£o do hardware e do software, bus timing do equipamento e informaƧƵes sobre a troca de dados cĆ­clicos. Para ter acesso a biblioteca completa de GSDs SMAR, consulte: http://www.smar.com/Files/firmware2/PROFIBUS-DDGSD_fw_bmp303-v3r5.zip

O IF303 possui 06 blocos funcionais: 03 Entradas AnalĆ³gicas (AI) e 03 Totalizadores. Possui tambĆ©m o mĆ³dulo vazio (Empty module) para aplicaƧƵes onde se quer configurar apenas alguns blocos funcionais. Deve-se respeitar a seguinte ordem cĆ­clica dos blocos: AI_1, AI_2, AI_3 e TOT_1, TOT_2, TOT_3. Supondo que se queira trabalhar somente com os blocos AIs, configure-os assim: AI_1, AI_2, AI_3, EMPTY_MODULE, EMPTY_MODULE, EMPTY_MODULE. No entanto, se quiser trabalhar apenas com um AI e um TOT, faƧa o seguinte: AI_1, EMPTY_MODULE, EMPTY_MODULE e TOT_1, EMPTY_MODULE, EMPTY_MODULE.

O IF303 possui o seguinte diagrama funcional, conforme a Figura 1.


Figura 1 ā€“ Diagrama Funcional IF303 ā€“ SMAR.

A maioria dos configuradores PROFIBUS utiliza dois diretĆ³rios onde se deve ter os arquivos GSDā€™s e BITMAPā€™s dos diversos fabricantes. Os GSDā€™s e BITMAPS para os equipamentos da SMAR podem ser adquiridos via internet no site (http://www.smar.com.br), no link download.

O exemplo a seguir mostra os passos necessĆ”rios para integrar o IF303 em um sistema PA. Estes passos sĆ£o vĆ”lidos para todos os equipamentos da linha 303 da SMAR:

  • Copie o arquivo GSD do IF303 para o diretĆ³rio de pesquisa do configurador PROFIBUS, normalmente chamado de GSD;
  • Copie o arquivo bitmap do IF303 para o diretĆ³rio de pesquisa do configurador PROFIBUS, normalmente chamado de BMP;
  • ApĆ³s escolher o mestre, defina a taxa de comunicaĆ§Ć£o. NĆ£o esqueƧa que os couplers podem ter as seguintes taxas de comunicaĆ§Ć£o: 45.45 kbits/s (Siemens), 93.75 kbits/s (P+F) e 12Mbits/s (P+F, SK3). O link device IM157 pode ter atĆ© 12Mbits/s;
  • Acrescente o IF303 e especifique o seu endereƧo no barramento;
  • Escolha a configuraĆ§Ć£o cĆ­clica via parametrizaĆ§Ć£o com o arquivo GSD, que depende da aplicaĆ§Ć£o, conforme visto anteriormente. Para cada bloco AI, o IF303 fornece ao mestre o valor da variĆ”vel de processo em 5 bytes, sendo os quatro primeiros no formato ponto flutuante e o quinto byte Ć© o status que traz a informaĆ§Ć£o da qualidade desta mediĆ§Ć£o. No bloco TOT, pode-se escolher o valor da totalizaĆ§Ć£o (Total) e a integraĆ§Ć£o Ć© feita considerando-se o modo de operaĆ§Ć£o (Mode_Tot). Ele permite definir como serĆ” a totalizaĆ§Ć£o com as seguintes opƧƵes: somente valores positivos de vazĆ£o, somente valores negativos de vazĆ£o ou ambos valores. Nesse bloco, pode-se reinicializar (resetar) a totalizaĆ§Ć£o e configurar um valor de preset, atravĆ©s do parĆ¢metro Set_Tot. A opĆ§Ć£o de reset Ć© muito utilizada em processos por bateladas;
  • Permite ativar a condiĆ§Ć£o de watchdog, que faz o equipamento ir para uma condiĆ§Ć£o de falha segura ao detectar uma perda de comunicaĆ§Ć£o entre o equipamento escravo e o mestre.

A Associação PROFIBUS não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente pelos conceitos, comentários, depoimentos e opinões emitidas em matérias fornecidas pelos seus membros ou artigos assinados. A opinião expressa no conteúdo não traduz em nenhum momento a opinião da Associação PROFIBUS. Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores. É vedada a reprodução total ou parcial dos textos e ilustrações deste newsletter, sob pena de sanções legais. São tomados todos os cuidados razoáveis na preparação do conteúdo das matérias e caso haja enganos em textos ou desenhos, será publicada errata na primeira oportunidade. A Associação PROFIBUS se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer edição, comentário ou imagem que possa ser interpretada como contrária aos seus objetivos.

© Associação PROFIBUS. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da
Associação PROFIBUS.