|  

Os próximos passos ao longo do caminho do “PROFINET sobre TSN”

Desde que a especificação PROFINET V2.4 foi lançada, integrando a tecnologia TSN, a PI (PROFIBUS and PROFINET International) tem trabalhado consistentemente na implementação de mais funcionalidades para uma adesão bem-sucedida do PROFINET TSN no mercado industrial – confirmando firmemente o lema da PI, “Go digital. Go PROFINET.” Isto demanda íntima cooperação e coordenação com parceiros de outras organizações e os vários membros interessados no tema dentro da comunidade da PI, de forma que as tecnologias e aplicações TSN possam funcionar harmoniosamente em todos os níveis da automação industrial.

Através do uso das normas Ethernet IEEE e baseado em cenários típicos de uso, um grupo de trabalho na IEC estabeleceu parceria com o IEEE no desenvolvimento do Perfil TSN IEC/IEEE 60802 para Automação Industrial. O perfil define funções adequadas de TSN, mas também os mecanismos de configuração para uma rede TSN convergente, resultando num primeiro esboço técnico interno. Especialistas das empresas-membro da PI foram fortemente envolvidos nesse processo.

As experiências de vários fornecedores de tecnologia resultaram em melhorias e adições nos trabalhos técnicos, bem como na manutenção das camadas adjacentes das especificações do PROFINET. Alem disso, a versão recente dos critérios do PROFINET está sendo atualizada, conforme o ciclo de manutenção da IEC 61158.

A nova determinação do PROFINET cria uma base para o desenvolvimento de cenários de testes e a implementação de um sistema validador, que será usado na certificação de produtos PROFINET. Após a PI criar um sistema de testes e certificação TSN, em um estágio inicial, será possível o desenvolvimento de cenários de testes adicionais e certificação para redes convergentes.

Usando premissas técnicas atuais, os fabricantes de equipamentos estão trabalhando a pleno vapor na implementação de suas soluções PROFINET TSN. Uma demonstração da tecnologia TSN com múltiplos fornecedores tem sido utilizada nos estandes PI em feiras e encontros técnicos, de forma a demonstrar a interoperabilidade da tecnologia. Especialistas com vastas experiências estão participando de seminários e workshops para desenvolvedores com o intuito de obter mais informações sobre a tecnologia, bem como os próximos passos a serem seguidos. O grande interesse entre os fabricantes é evidente, em virtude das perguntas especificas que eles estão apresentando referente à implementação da tecnologia em seus equipamentos.

Mas, também, mais importante – isto é, os próprios usuários estão agora mais envolvidos do que antes. O foco das consultas atuais não é sobre a tecnologia TSN em si, mas, sim, sobre sua aplicação: Como uma rede TSN pode ser construída e configurada? Como os dispositivos existentes e novos sistemas podem ser conectados? Como as comunicações verticais com sistemas de alto nível, como edge, MES/ERP e cloud, podem ser executadas ao mesmo tempo?

No final, as diversas conversas construtivas realizadas até aqui demonstram que a clara estratégia de I4.0 da PI foi muito bem aceita pelo mercado. A rede TSN pode ser utilizada como uma camada de nível 2 de longo prazo para comunicações PROFINET no campo, para fins de controle em tempo real, assim como para comunicações OPC UA de forma horizontal e vertical, possibilitando a troca de dados entre controladores e entre controladores e sistemas corporativos/nuvem. A implementação consistente, através de etapas bem estabelecidas, é a conclusão lógica. A PI, portanto, é, e continua sendo, a parceira ideal para comunicações industriais confiáveis, que é o fundamento crucial para a transformação digital dos negócios.

 

- Artigo traduzido da PROFIBUS International



Últimas Notícias:
+ GSD User ID: Simples e Fácil. Simplifique seu dia a dia em configurações cíclicas em redes PROFIBUS-PA
+ Transmissor de pressão MG-1
+ Secomea 15xx – Gateway Edge IIoT com Certificação de Segurança Industrial
+ Nova versão de software de engenharia da Siemens oferece desenvolvimento completo de projetos
+ NetMIRROR – TAP como ponto de acesso passivo a redes ethernet industrial
+ Logo! agora em nuvem
+ FnIO-S – Aquisição de Dados, Controle e Comunicação
+ Conectividade em tempo real: Festo lança linha de remotas IO’s para controle descentralizado
+ Workshops Online: Festo divulga calendário de temas para 2020
+ Cursos Online – PITC INATEL e PI Brasil
+ Calendário Orkan – Treinamentos 2020
+ Muito além do ruído – identificando problemas de instalação em tempo real com a medição do Jitter
+ PROFINET IRT, um protocolo de alta dinâmica
+ Metodologia de prestação de serviços no cenário de isolamento social
+ Ethernet no Campo – Futura solução para automação de processos e instrumentação em localizações remotas e perigosas
+ FieldComm Group, ODVA e PI promovem uma Joint Update sobre uma Advanced Physical Layer para Ethernet Industrial
+ Treinamentos in company
+ Associação visita companhias para promover tecnologias e buscar parcerias
+ Transmissor multiparâmetro Liquiline CM44X
+ Sensores de vazão FTMg