|  

Chaves eletrônicas com IO-Link versão V1.1

Agora, as chaves eletrônicas WIKA vêm com a opção de IO-Link V1.1, habilitando os instrumentos para medição de pressão e temperatura a serem utilizados de modo ainda mais eficiente.

Com a interface IO-Link, as chaves comunicam-se com o mestre através de uma conexão ponto a ponto. Todos os parâmetros, dados de processo e informações de diagnóstico são transmitidos pelo cabo de sensor. Parâmetros de sensor estão armazenados no mestre e podem ser alterados durante a operação. Quando um instrumento for substituído, suas configurações armazenadas serão recuperadas do mestre através do IO-Link. Assim, não há necessidade de uma configuração inicial, onerosa e longa do novo sensor.

O IO-Link fortalece a alta funcionabilidade e fácil utilização dos modelos WIKA PSD-4 e TSD-30. Com seu design robusto e alta proteção IP, estes instrumentos são adequados para inúmeros ambientes.


Modelo PSD-4 e TSD-30 chaves WIKA com IO-Link
 

Chaves eletrônicas                  Chaves eletrônicas
Imagens pertencentes à WIKA



Últimas Notícias:
+ PI Brasil estará na Semana de Tecnologia do IFSP Cubatão
+ PI Brasil divulga tecnologias pelo interior de GO
+ VBP10 – Protetor de Barramento
+ Soluções Vivace
+ Sensores fotoelétricos Reflex Array da SICK
+ Sensor indutivo em invólucro plano com IO-Link
+ Pressostato PSD-4: Saídas facilmente configuráveis e faixas ajustáveis
+ NX5110 e NX5210: remotas PROFIBUS – Série Nexto
+ IO-Link, entenda melhor sobre a tecnologia
+ Gateway PLX32-EIP-PND
+ Qual a melhor blindagem em função da frequência do ruído?
+ Manutenção eficiente com sistemas de monitoramento de redes Profibus e PROFINET
+ Diretor de IO-Link visita Coca-Cola de Jundiaí
+ PI Brasil faz parceria com SENAI de Pindamonhangaba
+ Minicurso sobre AS-I 5.0 é ministrado em Sertãozinho-SP
+ Certificação PROFINET em MG
+ PROFINET Online Academy se consolida como plataforma de compartilhamento de protocolos
+ PI Brasil estará na Semana de Tecnologia do IFSP Cubatão
+ Minicurso sobre AS-I 5.0 é ministrado em Sertãozinho-SP
+ Webinar sobre AS-i 5.0 atrai 80 participantes