|  

Baixa isolação – PROFIBUS-DP

Assim como em outras tecnologias digitais, o sucesso de uma rede PROFIBUS está diretamente ligado à qualidade das instalações.

Neste PROFITIP, veremos, brevemente, a questão da baixa isolação.

A vulnerabilidade nas instalações em redes digitais de campo em relação à umidade é um ponto que merece alguns comentários.

Durante o processo de instalação dos dispositivos ou mesmo em manobras de manutenção, deve-se estar atento ao perfeito fechamento e vedação adequados dos equipamentos que estão sujeitos ao tempo, evitando a entrada de umidade.

Na figura 1, temos uma situação em que um dispositivo, por entrada de umidade, apresenta baixa isolação, degradando os níveis e forma dos sinais.

Baixa isolação no barramento PROFIBUS-DP

Figura 1 – Baixa isolação no barramento PROFIBUS-DP


O sinal com baixa isolação, além de ter sua degradação, é mais suscetível a ruídos.
É recomendado medir a isolação entre os terminais dos conectores, porém, deve-se atentar para as condições de segurança e consultar o fabricante do dispositivo. Uma medição inadequada pode danificar o produto.

Conclusão
O sucesso de toda rede de comunicação está intimamente ligado à qualidade das instalações. O seu tempo de comissionamento, startup e seus resultados podem estar comprometidos com a qualidade das instalações. Normalmente, mais de 90% dos problemas em redes digitais estão relacionados às condições das instalações.
  • Além disso, em plantas com tecnologias PROFIBUS, recomenda-se serviços de certificação de redes por profissionais capacitados, garantindo, além da conformidade com os padrões, vantagens como:
  • Aumento do desempenho e confiabilidade da rede;
  • Redução no tempo de comissionamento, startups e paradas;
  • Atuação preventiva e preditiva nas possíveis falhas em instalações e sinais de comunicação;
  • Aumento da segurança operacional com as melhorias sugeridas;
  • Elevação da performance operacional e redução dos custos globais de operação e manutenção.

Este artigo não substitui normas e padrões. Em caso de discrepância ou dúvida, as normas, os padrões, perfis, guias técnicos e manuais de fabricantes prevalecem. 

Sempre que possível, consulte as regulamentações físicas, assim como as práticas de segurança de cada área.


César Cassiolato
Presidente & CEO
www.vivaceinstruments.com.br



Últimas Notícias:
+ VVP10 – Posicionador Inteligente
+ SPECTRA® – Transmissor de Brix e Concentração com tecnologia de micro-ondas
+ Sensores multicores de toque com IO-Link
+ Repetidor OZD Profi 12M G22 da Hirschmann – Estenda o alcance e melhore a disponibilidade de redes PROFIBUS
+ Lumberg Automation – Remotas I/Os: suas soluções e aplicações
+ LMS511 – BULKSCAN®
+ Festo lança driver de motor em PROFINET
+ Conheça a Série Optidrive, nova opção em inversores de frequência da Altus
+ ComX – módulo embarcável para redes PROFINET, OPC UA e MQTT
+ Baixa isolação – PROFIBUS-DP
+ Seminário PI Brasil – Tecnologias PROFIBUS / PROFINET / IO-LINK
+ Assembleia Geral Ordinária – PI Brasil
+ Certificações PROFINET e PROFIBUS
+ Webinar gratuito – AS-i
+ Inscrições Processo Seletivo - Faculdade SENAI Anchieta
+ PI Brasil visita plantas industriais em Goiás, Minas Gerais e São Paulo
+ PITC INATEL-SP e PI Brasil promovem Certificação PROFINET
+ Webinar discute IO-Link e a Indústria 4.0
+ PI Brasil participa da ISA Expo Campinas 2019
+ Novas ações para divulgação do PROFIBUS-PA