|  

Baixa isolação – PROFIBUS-DP

Assim como em outras tecnologias digitais, o sucesso de uma rede PROFIBUS está diretamente ligado à qualidade das instalações.

Neste PROFITIP, veremos, brevemente, a questão da baixa isolação.

A vulnerabilidade nas instalações em redes digitais de campo em relação à umidade é um ponto que merece alguns comentários.

Durante o processo de instalação dos dispositivos ou mesmo em manobras de manutenção, deve-se estar atento ao perfeito fechamento e vedação adequados dos equipamentos que estão sujeitos ao tempo, evitando a entrada de umidade.

Na figura 1, temos uma situação em que um dispositivo, por entrada de umidade, apresenta baixa isolação, degradando os níveis e forma dos sinais.

Baixa isolação no barramento PROFIBUS-DP

Figura 1 – Baixa isolação no barramento PROFIBUS-DP


O sinal com baixa isolação, além de ter sua degradação, é mais suscetível a ruídos.
É recomendado medir a isolação entre os terminais dos conectores, porém, deve-se atentar para as condições de segurança e consultar o fabricante do dispositivo. Uma medição inadequada pode danificar o produto.

Conclusão
O sucesso de toda rede de comunicação está intimamente ligado à qualidade das instalações. O seu tempo de comissionamento, startup e seus resultados podem estar comprometidos com a qualidade das instalações. Normalmente, mais de 90% dos problemas em redes digitais estão relacionados às condições das instalações.
  • Além disso, em plantas com tecnologias PROFIBUS, recomenda-se serviços de certificação de redes por profissionais capacitados, garantindo, além da conformidade com os padrões, vantagens como:
  • Aumento do desempenho e confiabilidade da rede;
  • Redução no tempo de comissionamento, startups e paradas;
  • Atuação preventiva e preditiva nas possíveis falhas em instalações e sinais de comunicação;
  • Aumento da segurança operacional com as melhorias sugeridas;
  • Elevação da performance operacional e redução dos custos globais de operação e manutenção.

Este artigo não substitui normas e padrões. Em caso de discrepância ou dúvida, as normas, os padrões, perfis, guias técnicos e manuais de fabricantes prevalecem. 

Sempre que possível, consulte as regulamentações físicas, assim como as práticas de segurança de cada área.


César Cassiolato
Presidente & CEO
www.vivaceinstruments.com.br



Últimas Notícias:
+ Transmissor multiparâmetro Liquiline CM44X
+ Sensores de vazão FTMg
+ Sensor de posição magnético e monitoramento de condição em um único produto IO-Link
+ Osiris – Software para diagnóstico e monitoramento online em tempo real
+ NetTAP151 gateway Real-Time-Ethernet multiprotocolo
+ Melhore a taxa de transferência de dados de sua rede PROFIBUS
+ Cursos profissionalizantes – Escola SENAI “Anchieta” – 66 Anos de história!
+ CLP Altus ganha módulo de entrada analógica com suporte a HART
+ Certificação PROFIBUS-PA e Introdução ao PROFINET-PA
+ Os próximos passos ao longo do caminho do “PROFINET sobre TSN”
+ Usina São Francisco sedia Workshop Tecnologias PROFIBUS e PROFINET
+ ‘Comunicação Industrial com o PROFINET’, de Manfred Popp, integrará bibliografia do SENAI Anchieta
+ Visitas e treinamentos marcam início das atividades de 2020 da PI Brasil
+ WESTCON é homologada PITC PROFIBUS
+ PI Brasil apoia evento da FESTO
+ Trispectorp1000 – Câmera 3D programável
+ ProfiHub com Fibra Óptica com redundância em anel e diagnóstico incorporado
+ Os benefícios da tecnologia IO-Link para sistemas de automação
+ Nova solução de automação preparada para o futuro!
+ Medidor de ar comprimido térmico com sensor de temperatura e pressão integrados