|  

Válvulas que "falam"



Como o teste de desempenho Metso NelScope em válvulas com
posicionadores Profibus-PA executado pela Metso funciona na prática

As válvulas de controle, acredite, têm muito a contar. Não usam a linguagem humana, mas podem dar indicações de que estão prestes a falhar ou ainda que os seus alarmes foram parametrizados de forma incorreta. No dia a dia, tais dados trafegam em redes físicas usando protocolos de comunicação e alimentam a gerência de operação. Mas será que eles são precisos, ou melhor, será que as válvulas, atuadores e posicionadores, de fato, estão trabalhando em sua melhor configuração? Existem alguns caminhos para essa reposta, um deles se chama teste de desempenho em válvulas Metso NelScope.

Com os testes de desempenho, é possível garantir com precisão como está a performance da válvula em toda sua faixa de controle, através de avaliações normatizadas conforme IEC – Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC 60534-4 Inspection and routine testing, IEC 61514-2:2013 Methods of evaluating the performance of valve positioners with pneumatic outputs) e conforme ISA – Sociedade Internacional de Automação (ISA 75.25 Test Procedure for Control Valve Response Measurement from Step Inputs).
Figura 1 – Testes de desempenho conforme normas IEC e ISA.


Através dos testes de Banda-morta (Deadband), Resolução (Resolution), Histerese Dinâmica (Hysteresis), Erro de linearidade (Non-linearity) e Reposta ao degrau (Step Response), é possível identificar vazamentos pneumáticos, travamentos por atrito, agarramentos, folgas mecânicas, descalibração, entre outros potenciais problemas que estejam acontecendo, ou até mesmo em estágio de evolução e que irão aparecer provavelmente em uma sexta-feira no final do expediente. Brincadeiras à parte, os testes de desempenho possuem o mesmo objetivo de um “check-up” que fazemos no médico: mapear a situação atual e identificar tendências de potencias problemas.

Diferentemente dos posicionadores inteligentes, como ND9000P, que provêm diagnósticos online, os testes de desempenho citados acima, realizados de modo off-line através da ferramenta Metso NelScope, são aplicados em qualquer posicionador analógico, digital e em protocolo PROFIBUS-PA.
 


Figura 2 – Exemplo de teste de desempenho com Metso NelScope


Remoção desnecessária de válvulas é eliminada com testes de desempenho
Para exemplificar, vamos considerar o caso do segmento sucroenergético, com seu parque de válvulas sendo gerenciado diariamente. Normalmente, as usinas produtoras de etanol podem avaliar o estado real do seu parque de válvulas nas paradas programadas de manutenção. E a paralisação não pode ter atrasos. O biocombustível tem hoje uma demanda aquecida, que é acompanhada quinzenalmente pela associação do setor. E há uma tendência de que esse aquecimento permaneça ao longo do ano, lembrando que nos últimos 40 anos o etanol substituiu, em média, 36% do consumo de gasolina no Brasil. Em resumo: as plantas não podem parar – exceto no tempo programado – mas desmontar todo o aparato de válvulas é um processo caro e leva tempo. Na nossa visão, é também desnecessário em função da experiência prática que temos no segmento, com casos em que a manutenção de fato foi restrita a apenas 20% do total de válvulas indicadas para reparo.
 

Tipicamente, a remoção de válvulas para manutenção é um processo que demanda planejamento, homem-hora, materiais e outros recursos aplicados a essa operação. Imagine todo o esforço, envolvimento de setores e riscos para descobrir que essa ou aquela válvula não precisava ter sido retirada. Resultado: remoção desnecessária.

O objetivo dos testes de desempenho com Metso NelScope é melhorar a performance operacional das válvulas, proporcionando redução de perdas de produção, melhoria na qualidade operacional, aumento de disponibilidade operacional, redução de válvulas a serem manutenidas, melhor aproveitamento do período de entressafra, assertividade no planejamento de manutenção, e reduzindo significativamente o custo de manutenção.


Caso real mostra o impacto dos testes de desempenho na estratégia de manutenção 
A melhor tradução é um caso real da Metso aqui no Brasil, em testes realizados em um cliente da indústria petroquímica. O processo começou com a escolha de um grupo de válvulas indicadas pela gerência de manutenção. Das 129 válvulas indicadas para serem testadas, apenas 7% apresentavam problemas de desempenho e necessitaram de manutenção. O cliente obteve com a realização do serviço Metso NelScope um ganho significativo (custo evitado conforme figura 3).
 


Figura 3 – Exemplo de painel de resultados de um caso real


Muito além de um teste, uma entrega de resultado!
Para a entrega de um documento analítico, é necessário o conhecimento em válvulas. O processo vai além dos testes normativos e inclui a expertise da Metso como fabricante de válvulas e prestação de serviços com longa tradição no mercado. Nesse caso, trata-se da combinação dos dados de teste com o histórico real de cada válvula e uma indicação de tendências de desempenho baseada na experiência Metso. Ao fazer isso, o teste de desempenho torna a manutenção precisa e, diretamente, aumenta a disponibilidade da planta e a qualidade do produto final, alcançando o principal objetivo da Metso que é satisfação do cliente.

Além dessas análises, a Metso oferece ferramentas para assegurar a integridade de válvulas e identificação de problemas, que podem variar desde controles em modo manual até válvulas de controle operando incorretamente. A integridade assegurada da Metso utiliza ferramentas analíticas para detecção de vazamentos (Metso NelLeak), análise de tendência de desempenho (Metso Valve Manager), monitoramento de malhas (PlantTriage Expertune) e testes de desempenho conforme mostrado nesse artigo.

Quer saber mais? Entre em contato conosco: vendas.brasil@metso.com;
(15) 2102-1700.



Últimas Notícias:
+ COESTER certifica interface PROFIBUS-DPV1 para atuadores elétricos
+ PROFINET Online Academy alcança mil usuários
+ PI Brasil visita Scania para ampliar parceria
+ Desenvolvimento de um Sistema Supervisório para Rede PROFIBUS - Parte 2
+ SFG600 – Gerenciamento de Ativos HART over PROFINET
+ Crie uma conexão poderosa entre dispositivos em uma rede EtherNet/IP e um dispositivo PROFIBUS DP escravo
+ Conheça o Nexto Safety, tecnologia para segurança funcional desenvolvida em território brasileiro
+ Flexchain da Sick
+ VVP10 – Flexibilidade em aplicações
+ VVP10 – Posicionador de Válvula sem contato mecânico
+ Inatel/SP recebe sexta turma para o Treinamento Engenheiro e Instalador PROFIBUS
+ PI Brasil expõe na Semana INOVA Indústria
+ Jornada debate Indústria 4.0 no RS
+ PROFINET Online Academy chega ao 6º webinar
+ Nova Diretoria da PI Brasil toma posse
+ PI Brasil palestra na Semana Nacional de C&T em Cubatão
+ PI Brasil estará na Semana INOVA Indústria
+ Treinamento Engenheiro e Instalador PROFIBUS Certificado é realizado em SP
+ Escola Móvel do SENAI-SP participa da Expo ISA Vale Section Indústria 4.0 com produtos doados por associadas à PI Brasil
+ Mais uma turma conclui curso de Engenheiro e Instalador PROFIBUS Certificado no INATEL