|  
Últimas Notícias:
+ NOTA DE FALECIMENTO
+ Multipoint Temperature & I/O Transmitter VTT10-MP Vivace
+ Conversor PROFIBUS-PA para Saída Analógica ou Discreta VPO10 Vivace
+ Advanced Bus Protector VBP10 Vivace
+ Conversor Analógico para PROFIBUS-PA VAP 10 Vivace
+ TS Conector PROFIBUS DP - Toledo & Souza Engenharia
+ Indicador Digital Multi-Ponto DMY-2015-PB Energy PROFIBUS
+ Já pensou em conectar 8 pontos de temperatura em apenas um nó PROFIBUS PA?
+ MGate 5102-PBM-PN
+ ETHERLINE® ROBUST
+ Por que o Protocolo Profinet está preparado para a Indústria 4.0?
+ Workshop de Inovação na Indústria Automotiva apresenta soluções inovadoras para o futuro da indústria nacional
+ Seminário On Site na Usina Uberaba
+ SENAI de São Caetano do Sul recebe PROFINET on The Road
+ Fabio Marchiori assume nova Diretoria de IO-Link
+ Vivace Process Instruments – VTT10-MP Transmissor de Temperatura Multipontos & E/S
+ Vivace Process Instruments – VTP10 Transmissor de Posição
+ A Tecnologia AS-i - Capítulo 04 – Tecnologia Safety at Work
+ Gateway PROFINET/PROFIBUS PA Westcon
+ VRP10-O Repetidor Ótico PROFIBUS-PA Vivace

O Profibus renasce; múltiplas velocidades em uma rede.

Autor: Dennis van Booma, Proprietário e CEO da Procentec. Tradução: Paolo Capecchi, Diretor da Westcon Instrumentação Industrial Ltda.
 
Desde que comecei a trabalhar com Profibus nos anos 90, precisei ser sempre muito criativo a respeito do fato que redes Profibus-DP operam com uma única velocidade, a qual é configurada de forma permanente no PLC ou DCS.

Quando a utilização de cabos mais longos se fazia necessária ou quando uma falha (que não podia ser reparada) era detectada, não havia nada que pudesse ser feito sem incorrer em custos adicionais ou alterações no sistema.

Em certas ocasiões podia dar-me ao luxo de adicionar repetidores, mas essas exceções eram raras.

O desafio era ainda maior quando havia devices mais antigos ou mais exóticos, como wireless, por exemplo, e que não podiam operar na velocidade de comunicação configurada naquela aquela rede.

A solução era adicionar cartões-mestre no controlador, cada um operando em diferentes velocidades de comunicação, ou reduzir o tempo de ciclo da rede toda a fim de acomodar os componentes ‘inflexíveis’.

O ProfiSwitch X5 chegou para mudar esse jogo; é o primeiro hub repetidor que permite customizar a velocidade de comunicação individualmente para cada canal e ainda assim permanecer totalmente transparente.

Do meu ponto de vista, o ProfiSwitch X5 supera todos os repetidores e hubs disponíveis atualmente no mercado PROFIBUS. Uma simples chave rotativa em cada canal abre as portas para um mundo de aplicações totalmente novo.

A tecnologia avançada do ProfiSwitch X5 converte o canal principal para outras velocidades de comunicação e age como um proxy transparente sem causar qualquer perturbação no sistema de controle (similar aos PA links).

Pode ser utilizado em novos projetos ou em instalações já existentes que necessitam de redução de velocidade de comunicação.
 



Alguns exemplos de aplicação:


Cabos longos
O controlador pode ser configurado para 12Mbps e o cabo do segmento principal (backbone) é conectado ao canal principal do ProfiSwitch X5. A partir desse ponto, cada canal do ProfiSwitch X5 pode ser configurado para uma velocidade adequada ao comprimento do cabo daquele segmento específico.


Correção de falhas
Em certas ocasiões uma falha não pode ser reparada porque a rede tem que rodar ininterruptamente (24/7). Reduzindo a velocidade de um dos canais para, por exemplo, 500 kbps, pode-se eliminar temporariamente a falha, permitindo manter a operação até o momento mais apropriado para fazer a intervenção na rede e resolver definitivamente a origem do problema.

Muitas vezes essas falhas são causadas por problemas nos cabos e interferência eletromagnética.
Os canais de saída do ProfiSwitch X5 estão configurados para executar 5 ‘retries’, o que ajuda a melhorar notavelmente a confiabilidade da rede. Em geral, os controladores estão configurados para realizar apenas um ‘retry’, sem possibilidade de alteração.


Dispositivos com baixa velocidade
Dispositivos de “baixa” velocidade, tais como wireless, infravermelho, acopladores (couplers) PA e ‘Slip Rings’, podem ser conectados a um canal do ProfiSwitch X5 configurado para operar na velocidade de comunicação específica daquele device sem interferir no restante da rede. O controlador pode operar a 12Mbps.
 

Como funciona o ProfiSwitch X5?
O ProfiSwitch X5 emula os devices conectados aos seus canais. Sempre que o controlador solicita algo a um device, o ProfiSwitch responde diretamente ao mestre em lugar do device. Enquanto isso, o ProfiSwitch realiza a varredura (polling) dos seus canais a fim de atualizar a sua memória interna. O controlador recebe sempre os valores atualizados presentes na área de memória que corresponde aos dados daquele device.

O ProfiSwitch X5 é invisível ao controlador e, portanto, não precisa ser configurado. Do ponto de vista do usuário, é completamente transparente. Também foram otimizados os Bus Parameters das velocidades de comunicação selecionáveis no ProfiSwitch X5.

O ProfiSwitch X5 moderniza e define a nova geração de arquitetura de redes Profibus.  Com incontáveis possibilidades de aplicações, o ProfiSwitch X5 se tornará a sua escolha preferida para projetos de redes livres das limitações do passado.