|  

Flexchain da Sick

O flexível e eficiente sistema de detecção em cascata
 
Flexchain da Sick
 
FlexChain é uma grade de luz flexivelmente configurável através da ligação sequencial de vários sensores. Não são mais necessários longos cabos de ligação e complicadas fiações. Apertando uma tecla no FlexChain Host, os sensores são automaticamente endereçados e programados e, deste modo, o sistema fica imediatamente operacional. As diferentes tecnologias de sensores podem ser combinadas e dispostas de forma totalmente livre: barreiras de luz unidirecional, sensores fotoelétricos de reflexão. Os dados brutos do sensor são avaliados com módulos lógicos integrados através do FlexChain Host ou transferido diretamente via IO-Link, CANopen, RS-485 ou sinais de I/O. As informações detalhadas de diagnóstico proporcionam a mais alta estabilidade de processo e segurança de medição durante a operação.
 
VANTAGENS
 
Flexchain da Sick
 
A facilidade de instalação e implementação economiza tempo e dinheiro
A ligação em cascata dos sensores individuais economiza os cabos e facilita a integração no sistema existente. O sistema de sensores está disponível com diferentes Pigtails. Mesmo nas disposições complexas, são dispensados quase sempre os custos para ligações adicionais. O FlexChain é de fácil implementação, pois o sistema completo trabalha como uma unidade – não são necessárias conexões complicadas na unidade de controle.
 
Integração mais eficiente
 
Flexchain da Sick
Eficiência econômica: o sensor tem um Pigtail integrado. Ligações adicionais não são necessárias.
 
Flexchain da Sick
Pouco trabalho: a ligação em cascata simplifica muito o cabeamento em comparação com as ligações de ponto a ponto.
 
Flexchain da Sick
Imediatamente operacional: o FlexChain Host detecta todos os sensores automaticamente. A transmissão de dados inicia com um toque no botão.
 
A instalação e a implementação do FlexChain são muito simples. Além disso, a detecção automática do sensor e o cabeamento em cascata reduzem tempo e dinheiro na integração de sistema.
 
Flexchain da Sick
 
Mais flexibilidade com a maior certeza de medição
A tecnologia da grade de luz com o seu ciclo sequencial impede que os sinais dos sensores individuais se sobreponham. Os dados de medição incorretos são, então, excluídos. Isto significa que as disposições estreitas podem ser realizadas mesmo sem uma grade de luz fixa – e ainda melhor adaptadas às condições individuais do sistema. Além disso, a tecnologia de sensor pode ser selecionada livremente, de acordo com os requisitos. O FlexChain aumenta, deste modo, a robustez e a flexibilidade da aplicação.
 
Posicionamento mais flexível
 
Flexchain da Sick
A maior certeza de segurança: o ciclo sequencial impede uma sobreposição dos sinais.
 
Flexchain da Sick
Posicionamento livre através de comprimentos individuais dos cabos: em comparação com as grades de luz convencionais, os feixes podem ser posicionados lá onde eles são necessários.
 
Flexchain da Sick
FlexChain, a grade de luz individual: quer se trate de luz unidirecional, barreira de luz de reflexão ou sensor fotoelétrico – a tecnologia de sensores pode ser livremente selecionada e combinada.
 
O FlexChain pode ser adaptado de forma individual e flexível à aplicação. O sistema fornece resultados confiáveis independente da respectiva disposição dos sensores ou da tecnologia de sensores.
 
Flexchain da Sick
 
Total transparência nos dados de sensores e sistema
O FlexChain oferece total flexibilidade mesmo nos dados de sensores. Estes são transferidos diretamente ao comando ou avaliados mesmo no sistema do modo mais simples. Além disso, o FlexChain oferece amplas possibilidades de diagnóstico – parâmetros, como informações dos sensores, graus de contaminação ou estado da comunicação podem ser visualizados a qualquer momento. Deste modo, é possível evitar falhas e imobilizações de forma efetiva, através da detecção anterior dos erros.
 
Funcionalidade inteligente
 
Flexchain da Sick
Uso intuitivo: com a ferramenta de software SOPAS, definir zonas muito simplesmente, parametrizar lógicas e monitorar os sensores – conectar confortavelmente o FlexChain Host por USB.
 
Flexchain da Sick
Inúmeras interfaces: seja IO-Link, CanOpen, RS-485 ou saídas de comutação configuráveis – a integração é possível em quase todos os sistemas.
 
Flexchain da Sick
Alta segurança de processo: os parâmetros de diagnóstico dos sensores e sistema são disponíveis a todo momento para evitar imobilizações ou erros de medição.
 
Seja uma transmissão de dados flexível, interfaces múltiplas ou diagnóstico de tempo real: FlexChain é confortável e pode ser integrada de forma segura em quase todos os ambientes
 



Últimas Notícias:
+ COESTER certifica interface PROFIBUS-DPV1 para atuadores elétricos
+ PROFINET Online Academy alcança mil usuários
+ PI Brasil visita Scania para ampliar parceria
+ Desenvolvimento de um Sistema Supervisório para Rede PROFIBUS - Parte 2
+ SFG600 – Gerenciamento de Ativos HART over PROFINET
+ Crie uma conexão poderosa entre dispositivos em uma rede EtherNet/IP e um dispositivo PROFIBUS DP escravo
+ Conheça o Nexto Safety, tecnologia para segurança funcional desenvolvida em território brasileiro
+ Flexchain da Sick
+ VVP10 – Flexibilidade em aplicações
+ VVP10 – Posicionador de Válvula sem contato mecânico
+ Inatel/SP recebe sexta turma para o Treinamento Engenheiro e Instalador PROFIBUS
+ PI Brasil expõe na Semana INOVA Indústria
+ Jornada debate Indústria 4.0 no RS
+ PROFINET Online Academy chega ao 6º webinar
+ Nova Diretoria da PI Brasil toma posse
+ PI Brasil palestra na Semana Nacional de C&T em Cubatão
+ PI Brasil estará na Semana INOVA Indústria
+ Treinamento Engenheiro e Instalador PROFIBUS Certificado é realizado em SP
+ Escola Móvel do SENAI-SP participa da Expo ISA Vale Section Indústria 4.0 com produtos doados por associadas à PI Brasil
+ Mais uma turma conclui curso de Engenheiro e Instalador PROFIBUS Certificado no INATEL