|  

FAQ - PROFIBUS E PROFINET

O que significa "Hamming Distance"?
Especificação do cabo. O que selecionar?
Por que terminações são importantes?
Como proteger o cabo terminal?
O que é um perfil? Quais estão operacionais?
Quais são as principais vantagens do PROFIBUS em relação a outros tipos de protocolos?
Quais são as diferenças entre os mestres Classe 1 e Classe 2?
O que é o modo de falha segura? O que significa uma falha neste modo?
Por que nenhum fio de referência é usado em cabos PROFIBUS?

PROFIBUS é um sistema aberto ou proprietário?
Qual a maior vantagem para o usuário do PROFIBUS em relação de protocolos competitivos?
Há alguma aplicação particular na indústria que especificamente é atendida pelo PROFIBUS?
Que hardware e software são necessários para montar um sistema de Profibus?
É possível calcular o custo por dispositivo para o Sistema de Profibus?
Que serviços pós-venda podem ser utilizados pelos usuários PROFIBUS?
Quais ferramentas você necessita para um diagnóstico no processo de instalação Profibus?
O que eu posso fazer com um Osciloscópio?
O que acontece se o cabo PROFIBUS apresenta um pequeno curto circuito?
Porque a terminação é o erro mais comum cometido?
 
Instalando e Conectando
Como vários repetidores PROFIBUS DP podem ser colocados em serie?

Porque a terminação é importante?

Deve haver alguma distância entre Profibus e os cabos de energia?
Posso colocar o Profibus DP em um sistema PA?
Posso colocar o Profibus DP em um sistema PA?
Qual a distância mínima entre 2 dispositivos no Profibus DP?
O cabo Profibus DP sempre tem uma cor violeta?
Quais pontos no conector DB9 são para comunicação?
Quais são as vantagens da fibra ótica contra o cabo Cooper?
Como se finalizam dispositivos que possuem um conector M12?
 
PROFIBUS DP

O PNO atualiza arquivos GSD no seu próprio site ou em CD-ROM?

A escolha dos endere?os influenciar?o no ciclo de tempo?
Quantos escravos DP podem ser configurados em uma rede?

Posso controlar a escrita de 1 escravo com 2 mestres (PLCs)?

Qual é a velocidade de transmissão mais usada?

Posso mudar algumas características do Profibus DP para tornar a comunicação mais confiável?
 
PROFIBUS PA
O que é FDE (Falha de desconexão eletrônica)?
O token que vem via DP passa através dos acopladores do DP/PA?
Podemos usar EDD e/ou DTM em qualquer mestre DP-V1 classe 2?
Para a certificação PA, o fabricante deve desenvolver sua própria EDD para o produto?
Há um editor para EDD disponível?
O dispositivo PA usa blocos funcionais?
O que é um perfil (Profile)  dentro da variante PROFIBUS PA?
O que é o identifier number do perfil (número de identificação do perfil)?
 
OUTROS
Em que o Profibus tem vantagens em relação ao sistema convencional?
Todos os dispositivos PROFIBUS devem ser certificados?


Quais ferramentas você necessita para um diagnóstico no processo de instalação Profibus?


Há duas ferramentas básicas que são absolutamente necessárias. Você precisa de um analisador de barramento como um visualizador de frames Profibus para verificar a qualidade do protocolo e um osciloscópio para verificar a qualidade do sinal. Com essas ferramentas trabalhando em conjunto você poderá encontrar 99% de todos os erros. O multímetro não é utilizado para analises de sinal. Ele somente será utilizado para checar a conexão entre dois pontos.

voltar ao topo


O que eu posso fazer com um Osciloscópio?


Com um osciloscópio a qualidade de sinal de comunicação, poderá ser verificada. Ao inspecionar o sinal, problemas poderão ser identificados, tais como: Pequenos curtos circuitos; rompimento de cabeamento; ausência de Terminações, Terminações extras, EMC e interfaces elétricas ruins nos dispositivos. Para utilizar o osciloscópio é necessário treinamento, mas isso não será nada comparando com o tempo e o custo que será economizado durante o diagnóstico.

voltar ao topo


O que acontece se o cabo PROFIBUS apresenta um pequeno curto circuito?


Na maioria dos casos um pequeno curto circuito no cabo PROFIBUS causará um distúrbio na comunicação de dados do próprio segmento. O processo da área especifica, não sofrerão danos. Um curto-circuito pode ser detectado com um osciloscópio e até mesmo à distancia até o ponto certo que causou o problema. Se o usuário final quer manter a instalação mesmo durante um curto-circuito ele deve seguir os seguintes passos:

  • Instalar um sistema redundante
  • Dividir a instalação em mais segmentos paralelos em conjunto com repetidores, OLMs ou Profibus.
  • Instalar o cabo em bandejas de cabos seguros.

voltar ao topo


Porque a terminação é o erro mais comum cometido?


Muitas profissionais não estão cientes de que a terminação deve ser ligada e localizada em ambos os finais dos cabos. Eles desconhecem que a terminação deve ser colocada quando se esta usando repetidores, OLMs e Profibus. Todo o segmento deve ser finalizado. Esses pequenos enganos acontecem quando se usa muitos cabos de fibra ótica  e que deve ter sua terminação.

voltar ao topo

 


Como vários repetidores PROFIBUS DP podem ser colocados em serie?


Em alguns lugares você verá  vários repetidores, Os componentes elétricos internos dos repetidores determinarão “o número máximo” de repetidores. Os repetidores funcionam  como regeneradores de sinais..
Se você colocar repetidores demais, em série, as mensagens não serão mais reconhecidas, porque os bits diferenciam em amplitude que será muito grande. Então, verifique o manual dos repetidores, ele dirá qual a quantidade máxima. Por exemplo: os repetidores Siemens são 9. O segundo passo é mudar os parâmetros do barramento. Todos os repetidores possuem um tempo de atraso. Se você colocar muitos repetidores em série você terá que mudar o parâmetro de barramento slot no DP máster para um valor maior. No manual dos repetidores deve conter qual é o valor estabelecido.

voltar ao topo


Porque a terminação é importante?


A terminação pode prevenir reflexos que podem causar danos no sistema de dados. Quanto mais alta a taxa de transmissão e mais longo o cabeamento, mais importante a terminação se torna. A terminação deve ser localizada e ativada em ambos as pontas de todo o segmento de barramento. Com o Profibus DP a terminação será ligada para fornecer um nível médio quando ninguém esta enviando dados. Com o Profibus PA a terminação é uma combinação de um resistor com um capacitor.

voltar ao topo


Deve haver alguma distância entre Profibus e os cabos de energia?


Sim, até o Profibus pode ter distúrbios decorrentes da interferência causada por linhas de alta tensão paralelas. Tente sempre ter cerca de 10 centímetros de espaço livre entre os cabos. Muitos usuários juntam os vários cabos em uma só bandeja de cabos, e isso normalmente leva a um comportamento não muito confiável. Cabos que se cruzam entre si não causarão problemas. 

voltar ao topo


Você pode dar pequenas dicas para a instalação do sistema Profibus DP?

 

  • Sempre use cabos e conectores Profibus
  • Não exceda 32 componentes por segmento
  • Tenha certeza que a taxa de comunicação de segmento é única
  • Tenha certeza que todos os segmentos têm terminação elétrica em ambas as saídas.
  • Evite linhas com derivações
  • Evite trocar os fios
  • Marque quão longos os cabos realmente são e atualize os desenhos

Depois de instalar você deve testar o que você fez:

  • O endereçamento está correto?
  • Não há curtos-circuitos ou rompimentos no cabo?
  • Você pode se comunicar com os dispositiovs?
]voltar ao topo

Posso colocar o Profibus DP em um sistema PA?

 

Muitas pessoas pensam que isso não irá causar problemas devido a alta velocidade de sinal obtida, mas há outros fatores que podem torná-lo muito instável:

  • Haverá muita perda de voltagem no final do cabo devido a grande resistência de área do cabo DP
  • O cabo se torna muito energizado devido a sua espessura que é de 0,64mm,

Muito importante, somente usar cabos que estão de acordo com as especificações PA!

voltar ao topo


Qual a distância mínima entre 2 dispositivos no Profibus DP?


Quando a velocidade de transmissão é de 1,5 Mbps ou maior, é altamente recomendável ter pelo menos 1 metro de cabo entre os 2 planos. A capacidade de energia de ambas as partes será compensada pelo cabo com função de preservar a impedância comum. Quando os dois dispositivos ficarem muito próximas, há uma grande chance que a capacidade de energia cause reflexos na comunicação de dados. O efeito é muito menor num sistema de transmissão inferior a 1,5 Mbps.

voltar ao topo


O cabo Profibus DP sempre tem uma cor violeta?


Não, por causa de certas utilizações, proteção e níveis de isolação, o cabo Profibus DP pode ter diversas cores. Exemplo: cabos subterrâneos são pretos, cabos robustos são verdes. O cabo padrão, normalmente é violeta.

voltar ao topo


Quais pontos no conector DB9 são para comunicação?


Conector 3 = linha B (fio vermelho)
Conector 8 = linha A (fio verde)

O compartimento de metal do conector é usado para proteção.

voltar ao topo


Quais são as vantagens da fibra ótica contra o cabo Cooper?


Com fibra ótica:

  • podem ser mais longas
  • Isolamento elétrico completo
  • Eliminação de possíveis “nós”
  • A fibra ótica é mais cara que o fio cooper

voltar ao topo


Como se finalizam dispositivos que possuem um conector M12?


Há 3 modos de terminação:

  • No caso de 2 conectores M12, ponha um finalizador M12 no segundo conector.
  • No caso de 1 conector M12, pegue um conector-T que segure a terminação e o último conector.
  • Quando os dispositivos possuem uma terminação on-board, ligue-a.
voltar ao topo

 

FAQ - PROFIBUS DP

O PNO atualiza arquivos GSD no seu próprio site ou em CD-ROM?
Não, os fabricantes são responsáveis por fazer as atualizações no site profibus.com.
O PNO não publica nenhum CD-ROM.O site do fabricante é o local mais adequado para se fazer download dos arquivos GSD.

voltar ao topo


A escolha dos endereços influenciarão no ciclo de tempo?
Não, o mestre irá continuamente se comunicar com seus escravos, então para o tempo de ciclo não importa os endereços que eles possuem.

voltar ao topo


Quantos escravos DP podem ser configurados em uma rede?


Muitos dizem 126, mais não é verdade! O número de escravos que podem ser colocados numa área é de 124, por causa do mestre que usa um endereço e um endereço reservado 0 e 126 (esses são bloqueados pela ferramenta de configuração): Tenha cuidado:

  • O endereço 2 pode também ser bloqueado para os escravos
  • Mesmo o mestre pode ter um limite.
voltar ao topo

Posso controlar a escrita de 1 escravo com 2 mestres (PLCs)?


Não, somente 1 PLC pode controlar a escrita. O segundo PLC pode somente ler.

voltar ao topo


Qual é a velocidade de transmissão mais usada?


1,5MBPs é a velocidade de transmissão mais comumente usada. Esta é a velocidade normalmente default de vários configuradores quando se cria um novo projeto. Muitos usuários não sabem  que é valor e o mantém. Nossa experiência é que muitas instalações estão funcionando com uma velocidade que é muito maior do que a necessária para a aplicação. Quando a velocidade é menor, você pode ter cabos mais longos e menos chances de distúrbios no sistema.

voltar ao topo


Posso mudar algumas características do Profibus DP para tornar a comunicação mais confiável?


Sim, é o parâmetro de barramento do mestre que você pode mudar para tornar a comunicação mais confiável:
Novas tentativas/repetições: 5
Tqui: 9
MinTSDR: 22

voltar ao topo


FAQ - PROFIBUS PA

O que é FDE (Falha de desconexão eletrônica)?


Alguns dispositivos podem consumir mais energia quando há algum problema com ele. Alguns dispositivos não possuem a corrente de FDE e neste caso, ele podem se auto-desligar do barramento.

voltar ao topo


O token que vem via DP passa através dos acopladores do DP/PA?


Não, o acoplador da P+F SK1 não trata a mensagem SD4. voltar ao topo


Podemos usar EDD e/ou DTM em qualquer mestre DP-V1 classe 2?


Não, cada ferramenta usa sua própria tecnologia:

  • PDM: EDD
  • FieldCare: FDT/DTM .
  • PactWare: FDT/DTM .
  • AssetView: FDT/DTM
  • DLL executáveis (solução não é padrão).

voltar ao topo


Para a certificação PA, o fabricante deve desenvolver sua própria EDD para o produto?


Não, não é obrigatório ter a EDD para a certificação PA.

voltar ao topo


Há um editor para EDD disponível?


Não, para o EDD não há um editor especifico. A maioria dos engenheiros usam um editor de texto simples. voltar ao topo


O dispositivo PA usa blocos funcionais?


No processo industrial é comum usar blocos para descrever características e funções de pontos de medição e representá-los em um aplicativo. A especificação de um produto PA usa esse bloco funcional para transferir dados cíclicos dos dispositivos PA para o mestre classe 1(cíclico) e mestre classe 2(acíclico). Ex: Bloco AI, Bloco AO, Bloco TOT, etc.

PB (bloco físico)
Descreve os parâmetros e funções de hardware e software do próprio dispositivo. Há um único bloco físico por dispositivo PA.

Bloco Transdutor
Contem parâmetros que descrevem o tipo de sensor ou atuador e suas carabcterísticas de parametrização e calibração. A informação processada é passada para os blocos funcionais. Se um dispositivo possuir mais sensores, há blocos transdutores para cada sensor.

voltar ao topo


O que é um perfil (Profile)  dentro da variante PROFIBUS PA?


O perfil contém descrições para cada tipo de medição e é onde se busca a padronização para os seguintes tipos de instrumentos:

  • Pressão
  • Níveis, temperatura e correntes.
  • Entradas e Saídas Analógicos/Digitais
  • Válvulas e atuadores
  • Analisadores

O perfil é dividido em 2 classes (A e B):
A classe A descreve parâmetros comuns de dispositivos simples. É limitado a funções básicas, como o valor medido, o tag e unidade de engenharia. 
A classe B é uma extensão da classe A, e cobre funções de aplicação mais complexas incluindo a identificação, parametrização, manutenção e diagnostico. 

voltar ao topo



O que é o identifier number do perfil (número de identificação do perfil)?


Para cada perfil de acordo com os tipos de medição visto anteriormente, o PNO definiu um número de identificação que caracteriza o dispositivo e a quantidade e tipos de blocos(módulos) que serão usados na configuração cíclica.Quando o equipamento estiver com o parâmetro GSD_IDENTIFIER_NUMBER_SELECTOR configurado como Profile Specific, ele irá responder de acordo com os identifier numbers abaixo. Quando tiver configurado para Manufacturer Specific, irá responder de acordo com o identifier de seu arquivo GSD e respeitando os tipos e quantidades de blocos(módulos) em seu GSD:

• Transmissor 0x9700 to 0x970F
• Atuador 0x9710 to 0x971F
• Entrada discreta 0x9720 to 0x972F
• Saída discreta 0x9730 to 0x973F

voltar ao topo


FAQ - Outros

Em que o Profibus tem vantagens em relação ao sistema convencional?


É um fato que o PROFIBUS reduz custos com cabos e outros itens como:

  • Redução no tempo de projeto 
  • Documentação  simplificada
  • Melhor performance
  • Redução no tempo de testes, comissionamento e startup
  • Fácil de expandir ou modificar
  • Menores tempos de paradas e redução do custo com manutenção
  • Menores custos com treinamento
  • Tecnologia digital, melhor repetibilidade, melhor qualidade, etc.
  • etc.
voltar ao topo


Todos os dispositivos PROFIBUS devem ser certificados?


Não, não é necessário que um fabricante tenha certificação para os seus produtos, porém é recomendável tê-la, ou mesma verificar o parque instalado do mesmo, aplicações, etc..

voltar ao topo