|  

SINAL DIFERENCIAL RS485 – PROFIBUS DP

 

César Cassiolato
Diretor de Marketing, Qualidade e Assistência Técnica - SMAR Equipamentos Industriais Ltda.

 


No PROFIBUS-DP, o meio físico mais utilizado é o RS485.

Neste padrão temos dois canais independentes conhecidos como A e B, que transmitem níveis de tensão iguais, porém com polaridades opostas (VOA e VOB ou simplesmente VA e VB).

Por esta razão, é importante que a rede seja ligada com a polaridade correta.

Embora os sinais sejam opostos, um não é o retorno do outro, isto é, não existe um loop de corrente.

Cada sinal tem seu retorno pela terra ou por um terceiro condutor de retorno, entretanto, o sinal deve ser lido pelo receptor de forma diferencial sem referência ao terra ou ao condutor de retorno.

Quanto ao aterramento neste sistema de comunicação, esta é a grande vantagem do sinal diferencial: note na figura 1 que o sinal está trafegando com fases invertidas nos condutores do cabo enquanto o ruído trafega com mesma fase.

Nos terminais de entrada do amplificador diferencial, o sinal de comunicação PROFIBUS chega em modo diferencial e o ruído em modo comum, rejeitando-o. Sendo assim, todo ruído que for induzido no cabo, em geral de origem eletromagnética, será em sua maioria rejeitado.

 

Figura 1 – Sinal PROFIBUS-DP – RS485.

 

Linhas de transmissão diferenciais utilizam como informação apenas a diferença de potencial existente entre os dois condutores do par trançado, independente da diferença de potencial que eles apresentam em relação ao referencial de tensão (comum ou terra). Isto permite que múltiplos sistemas se comuniquem mesmo que uma referência de potencial comum entre eles não seja estabelecida.

No entanto, os circuitos eletrônicos de transmissão e recepção podem ser danificados se o par trançado apresentar um potencial excessivamente elevado em relação ao referencial (comum ou terra). No campo é muito comum se ter problemas devido a EMC (Emissão Eletromagnética), a diferença de potencial de terra e estes geram inconvenientes intermitentes na comunicação e normalmente não são fáceis de se detectar.

Quando se tem o sinal de comunicação PROFIBUS-DP e o cabeamento distribuído entre as diversas áreas, o recomendado é equalizar o terra conforme a figura 2.Com isto, elimina-se a possível diferença de potencial entre o aterramento da área 01 e o sinal DP assim como, a diferença de potencial entre o aterramento da área 02.


Figura 2 – Sistema de aterramento com diferentes áreas em PROFIBUS-DP.

 

Este artigo não substitui o padrão IEC 61784 e nem os perfis e guias técnicos do PROFIBUS. Em caso de discrepância ou dúvida, o padrão IEC 61784, perfis, guias técnicos e manuais de fabricantes prevalecem. Sempre que possível, consulte a EN50170 para as regulamentações físicas, assim como as práticas de segurança de cada área.

 

Referências:

  1. Manuais Smar PROFIBUS
  2. www.smar.com.br
  3. Material de Treinamento e artigos técnicos PROFIBUS - César Cassiolato Especificações técnicas PROFIBUS.

 



Últimas Notícias:
+ ArcelorMittal Tubarão sedia Workshop Onsite da PI Brasil
+ Transpetro recebe Workshop Onsite PROFIBUS e PROFINET da PI Brasil
+ Transmissores de temperatura PROFIBUS-PA
+ Transmissores de pressão PROFIBUS-PA
+ SmartLight Indicator para uma clara indicação do ponto de utilização
+ Sensores de inclinação dinâmicos TMS/TMM88 da SICK
+ Remota PROFIBUS-PA
+ PROFIWISER®
+ Posicionadores de válvulas e transmissores de posição
+ Interfaces de comunicação, configuração e parametrização PROFIBUS-PA
+ Drivers para servomotores Festo
+ Conversores PROFIBUS-PA
+ Controle CLPs S7-200/300/400 em redes PROFIBUS/MPI/PPI via Ethernet
+ Conheça a série de computadores industriais UNO 2000 da Advantech
+ Chaves eletrônicas com IO-Link versão V1.1
+ Switch não gerenciável com até 8x portas Gigabit Ethernet PoE/PoE+
+ Sensores ultrassônicos M30 com até 8m de alcance
+ Antenas de Leitura/Escrita RFID com IO-Link Identificação e rastreabilidade para uma indústria inteligente
+ Unidade móvel do Senai leva tecnologia para cidades mais distantes de São Paulo
+ PROFINET Baseado em TSN