|  

SINAL DIFERENCIAL RS485 – PROFIBUS DP

 

César Cassiolato
Diretor de Marketing, Qualidade e Assistência Técnica - SMAR Equipamentos Industriais Ltda.

 


No PROFIBUS-DP, o meio físico mais utilizado é o RS485.

Neste padrão temos dois canais independentes conhecidos como A e B, que transmitem níveis de tensão iguais, porém com polaridades opostas (VOA e VOB ou simplesmente VA e VB).

Por esta razão, é importante que a rede seja ligada com a polaridade correta.

Embora os sinais sejam opostos, um não é o retorno do outro, isto é, não existe um loop de corrente.

Cada sinal tem seu retorno pela terra ou por um terceiro condutor de retorno, entretanto, o sinal deve ser lido pelo receptor de forma diferencial sem referência ao terra ou ao condutor de retorno.

Quanto ao aterramento neste sistema de comunicação, esta é a grande vantagem do sinal diferencial: note na figura 1 que o sinal está trafegando com fases invertidas nos condutores do cabo enquanto o ruído trafega com mesma fase.

Nos terminais de entrada do amplificador diferencial, o sinal de comunicação PROFIBUS chega em modo diferencial e o ruído em modo comum, rejeitando-o. Sendo assim, todo ruído que for induzido no cabo, em geral de origem eletromagnética, será em sua maioria rejeitado.

 

Figura 1 – Sinal PROFIBUS-DP – RS485.

 

Linhas de transmissão diferenciais utilizam como informação apenas a diferença de potencial existente entre os dois condutores do par trançado, independente da diferença de potencial que eles apresentam em relação ao referencial de tensão (comum ou terra). Isto permite que múltiplos sistemas se comuniquem mesmo que uma referência de potencial comum entre eles não seja estabelecida.

No entanto, os circuitos eletrônicos de transmissão e recepção podem ser danificados se o par trançado apresentar um potencial excessivamente elevado em relação ao referencial (comum ou terra). No campo é muito comum se ter problemas devido a EMC (Emissão Eletromagnética), a diferença de potencial de terra e estes geram inconvenientes intermitentes na comunicação e normalmente não são fáceis de se detectar.

Quando se tem o sinal de comunicação PROFIBUS-DP e o cabeamento distribuído entre as diversas áreas, o recomendado é equalizar o terra conforme a figura 2.Com isto, elimina-se a possível diferença de potencial entre o aterramento da área 01 e o sinal DP assim como, a diferença de potencial entre o aterramento da área 02.


Figura 2 – Sistema de aterramento com diferentes áreas em PROFIBUS-DP.

 

Este artigo não substitui o padrão IEC 61784 e nem os perfis e guias técnicos do PROFIBUS. Em caso de discrepância ou dúvida, o padrão IEC 61784, perfis, guias técnicos e manuais de fabricantes prevalecem. Sempre que possível, consulte a EN50170 para as regulamentações físicas, assim como as práticas de segurança de cada área.

 

Referências:

  1. Manuais Smar PROFIBUS
  2. www.smar.com.br
  3. Material de Treinamento e artigos técnicos PROFIBUS - César Cassiolato Especificações técnicas PROFIBUS.

 



Últimas Notícias:
+ Diretoria de IO-LINK cria kits didáticos para promoção da tecnologia
+ Transmissores de pressão PROFIBUS-PA
+ Tecnologia Altus ajuda Petrobras a alcançar marca histórica no Pré-sal
+ Solução de Software para Segurança Cibernética
+ Siemens lança novas CPUs redundantes SIMATIC S7-1500 R/H para aplicações de alta disponibilidade
+ Sensor de pressão com IO-LINK para máquinas inteligentes
+ Secomea – SiteManager Série 35xx Acesso remoto seguro de alta disponibilidade a dispositivos industriais
+ Posicionadores de válvulas e transmissores de posição
+ ÖFLEX® VFD Cabo isolado em HERP com revestimento externo em PVC
+ Monitoração de Temperatura em Geradores Elétricos
+ Módulo I/O Safety
+ Maior largura de banda – Switches Gigabit para redes de automação
+ Interfaces de comunicação, configuração e parametrização PROFIBUS-PA
+ Cortina de Luz de Segurança #detec4 da SICK
+ Controlador de movimento CPX-E
+ Conector transforma qualquer escravo PROFIBUS DP em PROFINET I/O Device
+ Como caracterizar a medição de volume usando um transmissor de pressão diferencial VPT10?
+ Com foco em custo-benefício, Siemens lança versão mais econômica de relé inteligente da linha SIMOCODE
+ Festo divulga calendário de Workshops Online para 2019
+ Em maio, curso Engenheiro PROFINET Certificado será aplicado em SP